A fórmula mágica da influência

MÁINDI apresenta o conceito de influence PR
21/12/2018

Ou como construímos uma agência de comunicação focada em propósito e resultados reais

Neste primeiro ano da Máindi, fizemos mais de uma centena de reuniões e a frase que mais escutamos dos executivos que comandam os times de comunicação dos clientes e prospects — fossem startups ou multinacionais — foi:

“Preciso de uma agência que pense estratégias que tragam resultados reais”.

Enquanto escrevo este artigo, reflito sobre os acertos e erros da nossa jornada, assim como tento traçar um paralelo do nosso momento com o mapa atual do mercado de comunicação corporativa. Estamos falando de um ano forjado na base de termos como ativismo, engajamento, dados, recomendação, fake news e descentralização de canais, onde se tornou essencial trabalhar estratégias de relações públicas que mirem no ROI e pensem no impacto real no negócio dos clientes.

Nesse ambiente, tomamos a decisão de que a Máindi priorizaria o investimento em ferramentas e parcerias que garantissem conhecimento suficiente para traçar cenários e identificar públicos nichados, do microtarget ao brandlover, estabelecendo a geração de influência como nossa entrega prioritária. Se antes discutíamos canais e mensagens, agora tratamos de interesses em comum, reações e ativações capazes de gerar repercussão em escala.

Por outro lado, se ficou claro que é preciso investir na interpretação de dados e no uso da tecnologia para traçar estratégias, ainda existe uma necessidade do mercado de adaptar os diferentes times envolvidos nas contas para que a entrega do atendimento espelhe a visão do planejamento. Na prática, você pode encantar o cliente com a fórmula de sucesso, mas é preciso ter alquimistas capazes de colocá-la em prática.

É por isso que trabalhamos dentro de um processo operacional completo, utilizando um trilho claro que combina objetivos, recursos e diferenciais das marcas, cujo fim é a entrega real de resultados baseados na influência. Horizontalizamos nossa estrutura hierárquica e aproximamos cliente e agência para uma mesma arena de desenvolvimento do trabalho. Todos se envolvem, todos possuem papéis claros e todos os processos obedecem critérios de controle de qualidade do que estamos oferecendo aos públicos, seja uma campanha com grandes ativações, seja um simples press release.

Essa preocupação com o processo trouxe resultados expressivos para o primeiro ano da Máindi. Fechamos o período com mais de 40 marcas atendidas entre jobs pontuais e clientes fixos e uma taxa de crescimento que supera em mais de 120% nossa meta inicial de negócios.

Para 2019, nosso objetivo é ousar ainda mais e trazer para a realidade dos nossos clientes iniciativas que contemplem inovação de formatos, clusterização de públicos ainda mais específica e entrega inteligente e eficaz dos resultados, com índices e dados que garantam a visão de ROI do investimento em comunicação corporativa. O cenário é promissor e creio que teremos muito para contar quando completarmos dois anos . Quando se cria oportunidades reais, é difícil ser ignorado pelo sucesso.

Bitnami